Skip to content

Ontem foi dia de São Roque, o santo cachorreiro!

18 de agosto de 2011
Estampa con medalla foto - san roqueEm 2007, descobri que dia 16 de agosto é o dia de São Roque e agora tem ano que eu lembro dele em agosto ainda, tem ano que só lá por dezembro, tsc. tsc. tsc.

Se quem é cachorreiro já curte São Francisco de Assis, rodeado de aves e geralmente com um cervo aos pés, São Roque então é um colírio para os olhos, já que tem junto a si sempre a figura de um cachorro. Não sou católica, mas se tem cachorro no meio, eu gostoooo! Citando meu post de 2007:

Resumindo: São Roque, nascido provavelmente em 1.295, herdou uma boa fortuna ainda jovem e logo a distribuiu entre os pobres e enfermos e, livre de vínculos, seguiu em peregrinação a Roma. Ao cuidar de leprosos, contagiou-se com a doença e foi obrigado a isolar-se em um bosque, onde recebia a visita de um cão, que todos os dias lhe trazia um pedaço de pão. O dono do bosque, um homem muito rico, um dia resolveu seguir o cão e descobriu São Roque, converteu-se e ajudou a partir de então a causa de São Roque.
Não vou entrar nos detalhes da santidade da figura de São Roque.
O que basta é sua vida, de homem dedicado a viver o mandamento "Ama a teus próximos como a ti mesmo".
Qualquer pessoa que viva desta maneira, em qualquer época, merece nossa admiração e respeito, acreditemos no que for.
Só que para mim, o que chama a atenção não é só a pureza de caráter e boa vontade do personagem São Roque e sim a devoção e amor do cão, que o ajudou quando estava sozinho e necessitado.
Por mais lenda que haja na história toda, não havia necessidade alguma de inventar a figura do cão. São Roque nem ao menos padroeiro dos animais ou dos cães é. E conhecendo mil histórias mais da dedicação destes animais maravilhosos aos humanos, tomo mais esta como exemplo do quanto temos a aprender com um ‘simples animal irracional’.

Leia mais: Já conhece a história de São Roque e do cachorro que o ajudou?

Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe.

Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: