Skip to content

ANTES DE ADOTAR UM ANIMAL REFLITA

2 de julho de 2009

Primeiramente vamos esclarecer o que é adotar um animal. Quando tomamos a decisão de adotar um animal, ou até mesmo comprar um , devemos ter em mente a seguinte questão:

POSSE OU TUTELA DE ANIMAIS?

Direito civil
• Posse = relação pessoa-coisa para utilização econômica (Lhering).
Constituição Federal (art. 225, CF)
• “incumbe ao poder público e a toda a coletividade o dever de defender e preservar o ambiente, e especialmente no que concerne à fauna, incumbe-nos defendê-la”.
Sendo assim temos a TUTELA de um animal e não sua posse. Devemos então, praticar a tutela responsável dos animais que adotamos e sempre lembrar que estes são defendidos e também tutelados pela Constituição Federal.

ANTES DE ADOTAR UM ANIMAL CONSIDERE QUE SEU TEMPO MÉDIO DE VIDA É DE 12 ANOS!

Portanto devemos considerar : tempo diário para dar atenção ao animal e passeios, despesas com veterinário, despesas com a alimentação do mesmo e que se tem o espaço físico necessário para o animal viver.

Veja abaixo uma tabela que preparamos para mostrar o quanto de despesas teremos com animais durante seu período de vida:

GATO
Item Preço médio
Ração seca normal (1Kg) m R$ 14,00
Ração seca premium (1Kg) m R$ 24,00
Areia sanitária m R$ 5,00
Bandeja sanitária R$ 5,00
Arranhador de unhas R$ 20,00
Anti-pulgas (Front line) m R$ 20,00
Pote de comida R$ 8,00
Consultas veterinárias s R$ 35,00
Vermífugo a R$ 10,00
Vacinas a R$ 30,00
Banho em pet shop 2m R$ 12,00
Brinquedos R$ 6,00
Caixa de transporte R$ 25,00
Legenda: m =mensal, 2m =bimestral, 3m =trimestral, s =semestral, a =anual
CÃO
Item Preço médio
Ração seca normal (1Kg) R$ 5,00
Ração seca premium (1Kg) a R$ 12,00
Shampoo R$ 10,00
Coleira simples de couro R$ 8,00
Coleira de nylon R$ 20,00
Guia simples de couro R$ 6,00
Guia de nylon R$ 30,00
Anti-pulgas (Front line) 3m R$ 25,00
Pote de comida R$ 12,00
Consultas veterinárias s R$ 35,00
Vermífugo a R$ 10,00
Vacinas a R$ 30,00
Casinha de cachorro madeira R$ 15,00
Casinha de cachorro fiber glass R$ 200,00
Banho em pet shop m R$ 15,00
Ossos de couro m R$ 5,00
Biscoitos m R$ 7,00
Brinquedos R$ 12,00
Ração seca normal (1Kg) R$ 5,00
Legenda: m =mensal, 2m =bimestral, 3m =trimestral, s =semestral, a =anual

DICAS DE ALIMENTAÇÃO, SAÚDE E ESTERILIZAÇÃO

Sua casa ou apartamento tem espaço suficiente para a espécie escolhida?;
Você está realmente disposto a cuidar dele por toda a vida?. Cães e gatos chegam a viver de 10 a 20 anos;
Nas suas férias e períodos de ausência haverá pessoas para cuidar dele?;
Toda a família está de acordo em receber o novo integrante?;
Você está disposto a arcar com as despesas de um animal. Além de amor, alimentação e abrigo, ele vai precisar eventualmente de cuidados veterinários e remédios;
Ele é um ser vivo e sensível, não um produto que pode ser trocado ou jogado fora ao apresentar “problemas” ou tornar-se “obsoleto”;
Se você mora em apartamento ou numa casa com um pátio pequeno, analise se você terá tempo e disponibilidade para passear com ele. Animais necessitam de exercício físico com regularidade;
Ele não ficará sozinho em casa por longos períodos. Cães deixados presos latem, choram, ficam estressados e, com isso, acabam “aprontando” para se distrair.

CUIDADOS FUNDAMENTAIS PARA A SAÚDE DO SEU ANIMAL

Uma única vez : mande castrar o animal. É um ato de compaixão que fará com que ele tenha uma vida mais saudável e fique com você muito mais tempo.

Diariamente: ração de boa qualidade (na medida indicada na embalagem), comida preparada especialmente para ele (veja abaixo) e água à vontade.

Muito importante: o seu animal não pode comer qualquer tipo de comida. O ideal seria que 50% de sua alimentação fosse composta de ração de qualidade e os outros 50% de uma combinação de carne, arroz e legumes (tudo preparado sem sal e gordura).

Nunca dê: chocolate, açúcar, tomate, feijão, batata. Estes alimentos causam danos sérios aos dentes e à saúde do animal.

COMO ESCOLHER UMA RAÇÃO DE QUALIDADE

Prefira sempre rações com um mínimo de 21% de proteína para adultos e 28% para filhotes.Tente evitar rações muito coloridas, por possuírem mais química (corantes). Observe que para cada idade existe uma ração e uma quantidade apropriadas. Veja indicação na embalagem ou pergunte para um veterinário de sua confiança.

SEMANALMENTE

Limpeza dos ouvidos e escovação (raças de pêlos longos exigem escovação diária ou a cada dois dias). Peça ao veterinário de sua confiança orientações para manter os ouvidos de seu animal sempre limpos e saudáveis.

MENSALMENTE

O ideal seria que o seu animal tomasse banho e fosse tosado mensalmente. Banhos freqüentes removem a defesa natural da pele do animal e podem acentuar problemas de ouvido;
Se onde você mora existe uma grande infestação de carrapatos, você deve fazer um controle mensal dos mesmos, passando produtos apropriados em seu quintal e em seu cão/gato.O carrapato transmite doenças (também para humanos), que podem inclusive ser fatais ao animal, bastando a picada de um carrapato infectado.

A CADA 3 MESES

Aplicação de remédios de pulgas. Pulgas transmitem um tipo de verme também para humanos e hoje já existem remédios para serem aplicados na nuca dos animais, que tem ação por 30 dias, em média.
Não esqueça: somente 5% das pulgas e carrapatos estão nos animais, os outros 95% estão no ambiente! É muito importante tratar também o ambiente onde estes vivem. A higiene é fundamental para a saúde de seu bichinho e de sua família.

ATENÇÃO!
PULGAS TRANSMITEM VERMES.
POR ISSO, É PRECISO ACABAR COM ELAS ANTES E DAR VERMÍFUGO DEPOIS

ANUALMENTE

Tomar vermífugo a cada 4 ou 6 meses (escolher sempre os vermífugos ‘plus’ e dar a segunda dose 15 dias após a primeira);
Vacinas: POLIVALENTE (combate diversas doenças, inclusive algumas que são transmitidas por via aérea) e ANTI-RÁBICA. Exija sempre que a aplicação seja feita por um veterinário e que o mesmo cole o selo da vacina, carimbe e assine a carteira do animal.

LEVE SEU CÃO/GATO AO VETERINÁRIO SEMPRE QUE NOTAR

Apatia;
Perda ou ganho excessivo de peso;
Falta de apetite e de sede;
Coceiras nas orelhas e balançar excessivo das mesmas;
Alterações na pele e no pêlo e caroços;
Vômito;
Diarréia, principalmente com sangue;
Demonstração de dor.

IMPORTANTE:
A QUALQUER UM DESTES SINTOMAS, NÃO MEDIQUE SEU ANIMAL EM CASA.
BUSQUE SEMPRE A ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL DE UM VETERINÁRIO.

SAIBA PORQUE A ESTERILIZAÇÃO EVITA O SOFRIMENTO DE TANTOS ANIMAIS

As ruas estão repletas de cães e gatos (fêmeas e machos) que, na sua grande maioria, foram abandonados à própria sorte por seus donos por serem fruto de ninhadas indesejadas. Muitos deles acabam atropelados, envenenados, maltratados ou tendo uma vida miserável até o final dos seus dias. Sem contar aqueles que fogem para cruzar e nunca mais conseguem voltar para casa.

POR QUE A CASTRAÇÃO DOS ANIMAIS É IMPORTANTE?

A castração é uma solução emergencial para diminuir a procriação descontrolada e, conseqüentemente, a superpopulação de cães e gatos. Milhares de animais hoje vivem abandonados nas ruas, passando todo tipo de privação e sofrimento por causa deste descontrole reprodutivo. Esterilizar um animal é o maior exemplo de compaixão e consciência que você pode dar.
ADOTE UM CÃO ADULTO

Quando pensam em adotar um cachorro, as pessoas demonstram preferência pelos filhotes, pois não sabem que ADOTAR UM CÃO ADULTO TEM GRANDES VANTAGENS.
Quem já criou um cão desde filhote, sabe que a fase de crescimento é muito trabalhosa e requer uma reserva de paciência que, às vezes, as pessoas já não possuem. Na adoção de um animal adulto o trabalho é sempre muito menor, pois ele passará apenas por um período de adaptação à nova casa. Este período é quase sempre muito curto, pois o animal adulto que vem da rua ou de um lar transitório tem muita gratidão pelas pessoas que o recebem em seus lares e demonstrará essa gratidão claramente tornando-se, em muito pouco tempo, um companheiro fidelíssimo, obediente e muito carinhoso. Será também um bom guarda, capaz de defender com a própria vida o seu novo lar e as pessoas que o acolheram. Ao contrário do que muitos acredita, o cão adulto, quando adotado, aceita muito facilmente a mudança em sua vida (que sempre será para melhor), torna-se um animal muito alegre que, certamente, será o maior amigo de seu benfeitor.
ADOTE UM VIRA-LATA

Mistura de muitas raças, de porte grande, médio ou pequeno, pelagem longa ou curta, pretos, brancos, amarelos, cinza, pintados, tigrados, eis o vira-lata, um cão forte, saudável, amigo.
Hoje chamado “Sem Raça Definida”, ou SRD, o vira-lata é um cão formidável, que nada fica a dever aos cães de raça pura.
A mistura de raças favorece o fortalecimento desse tipo de animal, ao contrário daqueles de raça que muitas vezes carregam hereditariamente algumas características que os tornam sensíveis a determinados fatores ambientais ou genéticos como propensão a doenças de pele, olhos, alergias etc.
Do ponto de vista do temperamento os vira-latas em geral são cães alegres e sociáveis. Os de porte pequeno são ótimos cães de companhia, os de porte médio ou grande cumprem com galhardia a tarefa de guardiões de propriedades.
Podem ser adestrados tal qual os cães de raça e, como são inteligentes, aprendem com facilidade o que lhes ensinam.
Alguns nasceram em casa, outros na rua. Outros ainda, são frutos de cruzamentos de animais de raça e assim surgem eles, os mestiços, que não deixam de ser vira-latas.
Na maioria das vezes, desprezados por não terem “pedigree” – que é o atestado de pureza de raça -, eles sofrem muitas injustiças principalmente porque não têm valor de mercado ou não correspondem à vaidade de certas pessoas que gostam de ostentar seu “cão de raça”.
Independente de quaisquer considerações, o vira-lata é uma presença constante em nossas vidas. Muitos deles são conhecidos em todo o mundo porque se tornaram astros do cinema, outros pertencem à comunidade e são tratados pelos moradores de determinada rua, muitos são companheiros de pessoas infortunadas que vivem pelas ruas e outros ainda vivem em companhia de famílias que os adoram e são tratados a pão-de-ló.
Ser vira-lata não é problema. O triste é ser cão abandonado (e muitos de raça o são), passar fome e frio, não ter carinho, receber pontapés e pedradas. O importante é ser bem tratado.
Afinal de contas ser “Sem Raça Definida” (vira-lata) é ser como nós, povo brasileiro, mistura de muitas raças.

Fonte:
– Adote Uma Vida
http://br.groups.yahoo.com/group/adoteumavida
– Bem-Estar dos Animais de Companhia, Luciana Honorato, Carla C. M. Gomes, Gabriela Breda, Maria José Hötzel.
– Site do Instituto É o Bicho – www.eobicho.org
Carol
http://carolproencafotos.uol.com.br/animais

Cães e Gatos
Não compre. ADOTE!

Texto adaptado: Associação Vidanimal
http://www.atibaia.com.br/ava/jornal1.htm

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: